quinta-feira, março 29



Depois de um tempo a gente simplesmente se acostuma a esperar. 

Espera dar à hora de comer, espera a hora de dormir, espera por horas.

 Mesmo assim a pior espera é aquela que você sabe que não vai adiantar nada esperar. 

Mas você espera. 

Você já deve ter feito muita coisa nessa vida, mas acredite, metade delas foi esperando algo acontecer repentinamente. 

A sua, a minha, a nossa desculpa é simples, acreditar no destino.





Marina Ramos

quarta-feira, março 21

A Carta.



    

.


    Eu consigo me lembrar bem daquele vestido de cor avermelhada, com uma renda nas pontas, que suavemente formavam ondas quando ela passava próximo a água salgada. O que me fazia refletir era o que um vestido tão lindo como aquele fazia aquela hora na praia. Era renda. Renda! 

   Lembro também do momento em que ela deixou os dois saltinhos serem levados pela maré e distante, pensava. Até que algo me chamou atenção, a sua renda estava rasgada na ponta direita, isso se você olhasse de costas. Mas era renda. Por que? 

   Quando percebeu que eu estava próximo, limpou o rosto com a mão cheia d'água, olhou para o nada e me perguntou com muita fragilidade: "Você gostaria de ter um amor para vida toda" 2 segundos depois ela retrucou a si própria e disse: "Tola!". Eu pensei. Virei o rosto para aquela renda imperfeita e perguntei: "Você acredita que se possa amar uma só pessoa na vida?". Duvidosa, indecisa e com toda certeza machucada. 

   Me sentei próximo aos seus pés e tentei enxergar o horizonte. Ela se sentou, cruzou as pernas e me olhou. Sem falar uma só palavra deitou sua cabeça no meu ombro. Estático. Imperfeito como a sua renda. A mágica estava feita. Era como um passarinho solto, porém, perdido. Olhou para mim, quase me comendo com os olhos (nunca ninguém me olhou com tal profundidade). 

   Meio chorosa ela respondeu com a cabeça "Não". E eu juro que não lembro direito o tempo, a hora e o clima. Só sei que foi o beijo mais verdadeiro que já recebe. Depois disso eu estava completamente dentro da sua teoria. Um amor para vida toda. Depois daquela noite nas minhas lembranças, essas sim para a vida toda. 

   Hoje eu não me lembro mais de você, meu amor, mas aquele sorriso eu nunca mais irei esquecer.





Marina Ramos